Oração da Serenidade

Os grupos anônimos de mútua ajuda sugerem, em seu Programa de Recuperação, que as pessoas admitam a existência de um Poder Superior a elas mesmas, tal como cada um queira concebe-lo.

Iniciam e encerram todas as suas reuniões proferindo a Oração da Serenidade, embora não estejam filiados a nenhuma organização religiosa, havendo lugar para pessoas de todas as crenças ou que não tenham nenhuma bem como atues ou agnósticos. 

“Concedei-me Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar; coragem para modificar aquelas que posso, e sabedoria para distinguir umas das outras.” 

Essa Oração foi extraída da Oração da Serenidade, de autoria do teólogo Rinhold Niebuhr, cujo íntegra transcrevemos: 

Concedei-me, Senhor a serenidade necessária para aceitar as coisa que não posso modificar;

Coragem para modificar aquelas que posso e Sabedoria para conhecer a diferença entre elas. Vivendo um dia de cada vez;

Desfrutando um momento de cada vez; 

Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz; 

Aceitando, como Ele aceitou, Este mundo tal como é, e não como eu queria que fosse; 

Confiando que Ele Acertará tudo Contanto que eu me entregue à Sua vontade; 

Para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida E supremamente Feliz com Ele eternamente na próxima.

Produção:  A9T