Viver Sóbrio

Nós, membros de Alcoólicos Anônimos, encontramos a resposta a esta pergunta quando olhamos honestamente para nossa vida passada.  

Nossa experiência prova claramente que a menor dose causa dificuldade ao alcoólico ou bebedor problema. 

Nas palavras da Associação Médica Americana: 

“O álcool, além de sua propriedade viciante, possui também um efeito psicológico que modifica o pensamento e o raciocínio. Uma só dose pode mudar o processo mental de um alcoólico, de modo que ele acha que pode aguentar outra… outra e outra… 

O alcoólico pode aprender a controlar inteiramente a sua doença, mas a enfermidade não pode ser curada de modo que ele possa voltar ao álcool sem consequência adversa.” 

Para surpresa nossa, ficar sóbrio não é a experiência horrível e enfadonha que prevíamos! Quando bebíamos, viver sem o álcool parecia não ser vida. 

Mas, para a maioria dos membros de A. A., viver sóbrio é realmente viver – uma experiência repleta de alegria e que achamos muito melhor do que os problemas que tínhamos quando bebíamos. 

Uma observação a mais: qualquer pessoa pode parar de beber e ficar sóbria. 

Todos nós já fizemos isso uma porção de vezes. A arte é permanecer “e viver” sóbrio.

Produção:  A9T